Agrupamento de Escolas de Aguiar da Beira
Escola Básica dos 2ľ e 3ľ Ciclos C/ Ens. Sec. de Aguiar da Beira
ÁREA DE PROJECTO

início
1-introdućčo
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11-conclusčo
agradecimentos
anexos

5- O comportamento dos indicadores demográficos

 

  grf

 

         No concelho de Aguiar da Beira verificou-se ao longo dos anos de 1960 a 2001, uma diminuićčo da natalidade e da mortalidade.

 

         No início da década de 60 registaram-se 279 nascimentos. A partir daqui a natalidade diminuiu notoriamente até 1991. De 1991 para 2001, podemos observar um ligeiro aumento.

 Nos anos de 60 para 70, verificou-se a maior diminuićčo do número de óbitos (aproximadamente 140 para 80).

É possível constatar que até ą década de 80, o afastamento entre os dois indicadores era significativo : o número de nascimentos era mais elevado que o número de óbitos, o que resulta num crescimento natural positivo.

A partir de 1970, a mortalidade praticamente estagnou.

Em 1991, a linha da natalidade vem a diminuir encontrando-se com a da mortalidade. Verifica-se assim, um crescimento natural negativo, ou seja, deu-se uma diminuićčo da populaćčo.

 No decorrer dos anos 90, a natalidade e a mortalidade voltam a afastar-se. A natalidade diminui e a mortalidade aumenta, dando-se novamente uma redućčo da populaćčo.

No início do novo milénio, estas duas vertentes demográficas em análise tźm tendźncia para se unir, rondando pouco mais do que os cinquenta nascimentos e óbitos no ano.

 

 

 

Porque diminuiu a natalidade?

 

As causas da diminuićčo da natalidade advźm principalmente:

- da divulgaćčo e aceitaćčo da contracepćčo;

- do aumento da idade do casamento;

- da alteraćčo das estruturas familiares;

- do aumento da actividade feminina;

- da consolidaćčo da vontade individual.

 

Portugal pertence ao grupo de países desenvolvidos, em que se verificam taxas de crescimento natural nulo ou até mesmo negativo (baixa natalidade, baixa mortalidade). Aguiar da Beira nčo se exclui desta estatística. O índice de renovaćčo de geraćões é baixo, isto é, os casais tźm menos filhos do que os necessários para se substituírem a si próprios na próxima geraćčo (uma mulher deveria ter mais de dois filhos, para substituírem a sua geraćčo).

Alguns dos factores acima referidos, resultam das alteraćões no comportamento da populaćčo deste concelho. As famílias beneficiam assim, devido ą diminuićčo da fecundidade, da redućčo de despesas com os filhos. Desta maneira, os casais podem dedicar grande parte do seu orćamento ao consumo e ą melhoria do seu nível de vida, podendo também a mulher melhorar as suas perspectivas profissionais.

Por falta de oportunidades de emprego, tem-se assistido a evidentes situaćões de emigraćčo e de źxodo rural nesta regičo. Os que se deslocam sčo na maioria adultos jovens, em idade de procriar, contribuindo assim para a diminuićčo da fecundidade, ou seja, um reforćo do processo de envelhecimento da populaćčo residente.

 

Porque diminuiu a mortalidade?

 

A mortalidade diminuiu ligeiramente. As melhorias das condićões de vida que se tźm verificado na nossa sociedade tźm contribuído para o aumento da esperanća média de vida (EMV).

Algumas dessas melhorias podem consistir em:

- maior qualidade e variedade da alimentaćčo da populaćčo;

- notável desenvolvimento nos cuidados de saúde, aceleraćčo na          investigaćčo de novos medicamentos (antibióticos, vacinas, etc…) para doenćas como cancro ou doenćas cardiovasculares;

- desenvolvimento tecnológico acompanhado de um crescimento económico.

 

Embora se tenha constatado uma redućčo no número de óbitos, regista-se um acentuado envelhecimento demográfico, levando o grupo etário dos idosos a tornar-se significativo.

 

__________________________________________________________________________
Trabalho realizado no Čmbito da Área de Projecto pelos alunos do 12ľ B
2006/07

logos